Sábado, 15 de Agosto de 2020
Justiça

MPF vai acionar o governo para garantir conclusão de obras do Memorial da Anistia

Publicada em 01/10/19 às 08:57h - 75 visualizações

por A VOZ DA REGIÃO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Damaris diz não ter 'dever' algum de custear a obra  (Foto: Foto: Reprodução/ Youtuber)

O Ministério Público Federal (MPF) vai acionar o governo federal para garantir que o Memorial da Anistia tenha sua construção concluída. A informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.


Agora paralisadas, por ordem do governo de Jair Bolsonaro, as obras já custaram R$ 26 milhões. Ao determinar o cancelamento, em meados de setembro a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou ao MPF que não tem “dever algum” de custeá-lo. 


Para justificar sua decisão, ela informou que a existência de um Memorial da Anistia é “contraditória nos seus termos”, já que anistia “significa ‘esquecimento’”.  Segundo Damares, “Um Memorial da Anistia seria algo como o Memorial do Esquecimento”.


No dicionário Michaelis, anistia significa: “Perdão geral, esquecimento” e “Ato do poder público que declara impuníveis determinados delitos, em geral por motivos políticos e, ao mesmo tempo, suspende diligências persecutórias e anula condenações”.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 75 99134-8375

Visitas: 168213
Usuários Online: 18
Copyright (c) 2020 - A VOZ DA REGIÃO - Todos os direitos reservados ao Portal A Voz da Região - Direção Quirino