Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020
esportes

Baianão volta dia 22 de julho e concilia datas com o Nordestão

Publicada em 09/07/20 às 07:21h - 41 visualizações

por Nuno Krause*


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: A VOZ DA REGIÃO)

O Campeonato Baiano vai ser retomado no dia 22 de julho. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 8, pela Federação Bahiana de Futebol (FBF), após reunião do Conselho Técnico. Os jogos ainda não foram marcados, pois a entidade aguarda pela definição das datas da Copa do Nordeste, que se inicia no dia 21, para conciliar com as partidas do estadual.

Como justificativa para a data, o presidente da FBF, Ricardo Lima, pontua que não haveria outro espaço para o torneio. “Temos um calendário apertado, as competições nacionais sendo iniciadas, então, precisamos terminar o Campeonato Baiano”, diz.

Algumas cidades do interior, como Alagoinhas, Jacobina, Ipiaú e Juazeiro, estão em situação delicada em relação à pandemia de Covid-19, e existe a possibilidade de o futebol não ser liberado a tempo nesses locais. Ricardo Lima falou sobre o tema. “Neste caso, iremos alocar esses jogos para uma praça esportiva mais próxima, atendendo os decretos municipais e analisando cada situação especificamente”.

De acordo com a entidade, a decisão foi tomada de forma unânime e “sem traumas”. No entanto, alguns clubes desmentiram a informação. “O Jacobina é contra. Não temos planejamento. O estádio está fechado. Não temos como jogar, onde treinar”, contesta o presidente do clube, Rafael Damasceno, que admite a chance de não entrar em campo. “O Jacobina aceita o rebaixamento. Em favor da vida”.

Outros dois clubes se posicionaram contra a volta do Baianão, de acordo com apuração do A TARDE: Juazeirense e Doce Mel. O presidente deste último, Eduardo Catalão, inclusive, disse à reportagem que não sabe como será o planejamento, mas que vai ter que dar um jeito de colocar algum time em campo. “Vai ter que ser na tora, não tem para onde correr. A gente tá em terceiro no estado, em termos de contaminação. Como vai trazer um jogador pra cá?”, pondera.

Copa do Nordeste

Como ficou definido na noite do dia 7 de julho, o Nordestão será retomado a partir do dia 21, em Salvador. Ou seja, estadual e regional serão disputados de forma simultânea. A chance de haver jogos no mesmo dia não foi descartada, mas a ideia é que isso não aconteça, segundo Ricardo Lima.

Para Bahia e Vitória, não parece ser um problema. Por meio de assessoria, o Leão ressalta o próprio elenco. “Temos hoje 37 atletas, 35 deles em condições. E ainda podemos convocar, por exemplo, o técnico do sub-20, Rodrigo Chagas, para comandar o time”, informa o Rubro-Negro. Essa última ideia, por enquanto, é só uma opção, e não uma definição. O Tricolor também está confiante. “O clube está com atletas remanescentes do time de transição e subiu um atleta do sub-20 [o atacante Thiago] pra ajudar na maratona”, afirma a assessoria.

Protocolos

Nesta quarta, em entrevista coletiva, o prefeito ACM Neto falou sobre a decisão de autorizar a realização da Copa do Nordeste em Salvador. “Analisamos detalhadamente os protocolos apresentados pela CBF e pela Liga do Nordeste, que prevê medidas de segurança desde a chegada ao aeroporto, o caminho para o hotel, a concentração, o treinamento e a partida, até o dia que a delegação deixar a cidade. Entendemos que essa atividade não é um vetor de potencial de transmissão”, disse Neto.

Os protocolos, no entanto, nada terão a ver com prefeitura e governo. Ficarão sob total responsabilidade da CBF e da Liga do nordeste. Nesta quinta-feira, 9, será feita uma reunião com os clubes para decidir detalhes como datas dos jogos, onde cada clube treinará, etc., mas algumas coisas já foram definidas.

Os estádios que abrigarão partidas serão: Fonte Nova, Barradão, Pituaçu e Joia da Princesa, em Feira de Santana. Este último ainda depende do encerramento de um processo de licitação, segundo o secretário de Esportes e Lazer da cidade, Edson Borges, mas deve ser liberado. A Arena Cajueiro fica para treinos.

Outro detalhe já definido é que cada clube terá direito a 26 passagens e testes disponibilizados pela CBF para trazer a delegação. Como são 14 clubes, a expectativa é de receber, no mínimo, 364 pessoas. Porém, esse número deve ser maior, pois os clubes poderão trazer mais gente, desde que banquem as despesas, de acordo com o diretor da Liga do Nordeste, Alexi Portela.

*Sob supervisão do editor Daniel Dórea








ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 75 99134-8375

Visitas: 166796
Usuários Online: 51
Copyright (c) 2020 - A VOZ DA REGIÃO - Todos os direitos reservados ao Portal A Voz da Região - Direção Quirino