Sábado, 15 de Agosto de 2020
Esporte

Felipão vê justiça na expulsão e repreende Felipe Melo: 'Não pode acontecer'

Publicada em 12/08/19 às 08:42h - 100 visualizações

por A VOZ DA REGIÃO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras / Divulgação)

O técnico Luiz Felipe Scolari considerou justa a expulsão do volante Felipe Melo no final do primeiro tempo do jogo contra o Bahia. O jogador recebeu o cartão vermelho ao acertar o braço no rosto do atacante do Tricolor, Lucca, numa disputa de bola pelo alto. As duas equipes empataram em 2 a 2, neste domingo (11), no Allianz Parque, pela 14ª rodada do Brasileirão. O comandante do Verdão repreendeu seu atleta pela jogada.

 

"Felipe estava administrando situações normais de lance, de levar um cartão amarelo, cinco, seis cartões em uma competição. Hoje, a falta que ele fez era nítida, pra ser expulso. Isso não pode acontecer, já conversamos, vamos conversar novamente, mostrar o vídeo, ver o por que daquilo. Discutir para que a gente tenha uma normalidade maior do que já vinha tendo", afirmou na entrevista coletiva.

 

Na súmula, o árbitro Igor Benevenuto justificou o cartão vermelho dado a Felipe Melo.

 

"Golpear ou tentar golpear um adversário com uso de força excessiva na disputa da bola. Por golpear com o braço, o rosto do seu adversário, com o uso de força excessiva, na disputa de bola", escreveu.

 

Os dois gols do Bahia foram marcados através de pênaltis assinalados com a ajuda do árbitro de vídeo. O primeiro, a bola bateu na mão do lateral Diogo Barbosa, já o segundo foi fruto de uma disputa de bola entre Arthur Caíke e Luan, que terminou com o jogador do Bahia no chão. Felipão preferiu não opinar sobre as duas decisões do VAR.

 

"Eu não posso falar nada sobre pênalti. Quem fala é o VAR. Se ele diz que foi, não posso falar nada. Se acho que não foi, não vai mudar nada. Para que vou emitir opinião? Não adianta", disse. "O VAR está aí, para melhorar, piorar ou para ter problemas... Para que no futuro seja mais organizado. Foi institucionalizado. Um dia acham pelo em ovo de um lado, outro dia em outro lado. Temos que ficar quietos, sem falar nada, até termos certeza do que está sendo analisado. Vai evoluir como está sendo na Inglaterra. Árbitro de vídeo vai se reportar, vai aparecer no telão... Mas isso é o futuro. Não vou discutir sobre o hoje, não adianta. Está ai e temos que trabalhar em cima dele", completou.

 

O Palmeiras segue na segunda colocação agora com 29 pontos na tabela de classificação, três a menos do que o líder Santos. Já o Bahia é o 10º com 20. Na próxima rodada, o Verdão visita o Grêmio, na Arena do Grêmio, no sábado (17), às 21h. No dia seguinte, às 16h, o Esquadrão de Aço recebe o Goiás, na Arena Fonte Nova.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 75 99134-8375

Visitas: 168222
Usuários Online: 25
Copyright (c) 2020 - A VOZ DA REGIÃO - Todos os direitos reservados ao Portal A Voz da Região - Direção Quirino