Terça-feira, 11 de Agosto de 2020
Brasil

Preço do almoço fora de casa subiu mais que a inflação na última década, diz pesquisa

Publicada em 09/08/19 às 09:22h - 95 visualizações

por A VOZ DA REGIÃO / Folhapress


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Foto: Reprodução / RPC TV)
O valor médio da refeição fora de casa aumentou 91% na última década segundo levantamento da ABBT (Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador). Em 2009, a refeição custava R$ 18,20; em 2018, a média passou para R$ 34,84.

No mesmo período, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), índice oficial que mede a inflação, cresceu 76%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Corrigindo-se a alta pela inflação do período, portanto, houve um aumento real do preço médio da refeição fora de casa de 8,6%.

O maior salto de preço nos últimos dez anos foi no intervalo entre 2011 e 2012, quando o custo da refeição saltou de R$ 22,37 para R$ 27,40. Dentre as regiões, o Sul foi o local onde o valor mais subiu, aumentando R$ 18,78 nos últimos dez anos. No Centro-Oeste, onde o aumento foi o menor do país -alta de R$ 16,06.

O estudo, patrocinado pela Ticket, levou em consideração os preços das refeições completas (prato, bebida, café e sobremesa) em 6.199 estabelecimentos comerciais no país que aceitam vale refeição, durante o almoço de segunda a sexta.


ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 75 99134-8375

Visitas: 165973
Usuários Online: 44
Copyright (c) 2020 - A VOZ DA REGIÃO - Todos os direitos reservados ao Portal A Voz da Região - Direção Quirino