Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020
Política

Rui pode pagar 'ajuda de custo' de R$ 3 milhões para deputados votarem reforma em janeiro

Publicada em 08/01/20 às 06:35h - 58 visualizações

por A VOZ DA REGIÃO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: A VOZ DA REGIÃO)

No dia-a-dia da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), três deputados estaduais já vivem como filiados ao Partido Progressista (PP). Samuel Jr. (PDT), Tum (PSC) e Victor Bomfim (PL) participam de reuniões de bancada do PP e manifestam desejo de ir para a legenda do vice-governador João Leão (PP). 

 

A ida para o partido do presidente Nelson Leal (PP), no entanto, não deve ser concretizada tão cedo. Além da cláusula de fidelidade partidária, em que o parlamentar deve o mandato ao partido, progressistas narraram ao Bahia Notícias que o governo Rui Costa (PT) tem barrado o crescimento da sigla.

 

Rui não se mostrou disposto a aumentar o número de cargos do partido na gestão estadual para absorver o crescimento da sigla na Assembleia. O PP elegeu 7 deputados e foi alçado a maior partido da AL-BA, ao lado do PT, após filiar os deputados Dal, Jurandy Oliveira e Júnior Muniz (lembre aqui).

 

Se agora os novos convertidos chegarem ao PP, o que se diz nos bastidores é que ficarão sem lugar na gestão estadual. O governador está irredutível: o volume de cargos e espaço é definido pelo número de deputados que a legenda elegeu e não atraiu durante a legislatura.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 75 99134-8375

Visitas: 71219
Usuários Online: 30
Copyright (c) 2020 - A VOZ DA REGIÃO - Todos os direitos reservados ao Portal A Voz da Região - Direção Quirino