Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020
Política

Reforma da Previdência: governo sofre derrota após rejeição de regras do abono salarial

Publicada em 02/10/19 às 08:38h - 38 visualizações

por A VOZ DA REGIÃO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Por: Agência Brasil)

 O plenário do Senado impôs, nesta terça-feira (1º), uma derrota ao governo durante a votação da Reforma da Previdência, ao derrubar o artigo que criava regras mais rígidas para recebimento do abono salarial - uma espécie de 14º salário pago a trabalhadores de baixa renda e com carteira assinada.

Ficou decidido que será mantido o critério atual de aplicação do abono, que garante o recebimento do benefício a quem recebe até dois salários mínimos. A versão da Reforma aprovada na Câmara dos Deputados previa um limite de renda menor, cerca de R$ 1,3 mil.

Com a alteração, a previsão de economia com a implantação da Reforma da Previdência foi reduzida em R$ 76,4 bilhões para os próximos dez anos. Após a derrota do governo, a votação foi adiada, contrariando os apoiadores do governo, que esperavam concluir a etapa ainda nesta terça.

O texto base foi aprovado 56 votos a 19. O Senado volta a analisar os demais destaques a partir das 11h desta quarta-feira (2).




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 75 99134-8375

Visitas: 85351
Usuários Online: 40
Copyright (c) 2020 - A VOZ DA REGIÃO - Todos os direitos reservados ao Portal A Voz da Região - Direção Quirino