Sábado, 25 de Janeiro de 2020
Policia

bahia PGR denuncia 4 desembargadores e 3 juízes por venda de sentenças na Bahia

Outras oito pessoas acusadas de envolvimento no esquema foram denunciadas

Publicada em 10/12/19 às 16:42h - 46 visualizações

por Da Redação


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: A VOZ DA REGIÃO)

A Procuradoria Geral da República (PGR) denunciou nesta terça-feira (10) quatro desembargadores, três juízes de primeira instância e outras oitro pessoas suspeitas de envolvimento em um esquema de vendas de sentenças na Bahia. Eles são acusados por crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro. 

O caso é investigado pela Operação Faroeste. O relator no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Og Fernandes, ordenou afastamento de seis magistrados do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Os acusados serão notificados para apresentar a defesa. A denúncia será levada à Corte Especial do STJ, que irá decidir se eles viram réus em uma ação penal, mas não há prazo para determinar quando isso irá ocorrer.

A denúncia aponta indícios de que o esquema funcionou de 2013 a 2019, ligado à grilagem de terra no oeste do estado. Adaílton Maturino dos Santos é apontado como principal operador da organização criminosa.

Os desembargadores e juízes agiram vendendo setenças, no objetivo de permitir grilagem de terras. Além dos denunciados, há outras pessoas que ainda seguem sob investigação, diz a PGR.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 75 99134-8375

Visitas: 70504
Usuários Online: 19
Copyright (c) 2020 - A VOZ DA REGIÃO - Todos os direitos reservados ao Portal A Voz da Região - Direção Quirino