Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020
Esporte

Guia: tudo que você precisa saber sobre o Campeonato Baiano 2020

especial sobre o segundo estadual mais antigo do Brasil, que começa no dia 22

Publicada em 21/01/20 às 18:23h - 72 visualizações

por A VOZ DA REGIÃO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: A VOZ DA REGIÃO)

A próxima quarta-feira (22) marca o início da 116ª edição do Campeonato Baiano de futebol. O estadual começou a ser disputado em 1905 e é o segundo mais longevo do país, atrás do Campeonato Paulista, que teve sua edição inaugural em 1902. O primeiro campeão baiano foi o extinto Clube Internacional de Cricket, e de lá até agora vivemos 115 anos ininterruptos de bola rolando. 

O torneio já foi mais cobiçado em anos anteriores, quando as rivalidades estaduais davam o tom pelo Brasil. Entretanto, atualmente, o calendário atribulado e a maior receita oriunda das competições nacionais e internacionais fazem Bahia e Vitória, que são os dois principais times do Estado, acionarem seus times B para jogar o Baiano.

Só que a Bahia não é feita apenas por Salvador, tampouco por seus gigantes. No interior, um troféu estadual pode significar o ápice da história de um clube, caso por enquanto do Bahia de Feira, último campeão fora do eixo Ba-Vi, em 2011. Um título baiano  também é sinônimo de calendário para os times que não disputam nenhuma divisão nacional. Isso porque o torneio é classificatório para a Série D, além de dar três vagas na Copa do Nordeste (sendo duas para a dupla Ba-Vi) e três na Copa do Brasil.

Bahia e Vitória são, com sobras, os maiores vencedores da competição. O tricolor lidera com folga a contabilidade de títulos: soma 48, sendo o primeiro conquistado logo no ano de fundação, em 1931. Àquela altura, o rubro-negro, fundado em 1899, tinha dois troféus, com o primeiro datado de 1908. Hoje possui 29.

Salvador é a cidade com mais taças: 113. Os troféus são distribuídos entre 17 times: Bahia, Vitória, Ypiranga, Botafogo, Galícia, Fluminense de Salvador, São Salvador, Leônico, Guarani, Bahiano de Tênis, Associação Atlética, Internacional de Cricket, República, Sport Bahia, Atlético de Salvador, Internacional e Santos Dumont. 

Bahia é o atual bicampeão baiano (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Além da capital, só duas cidades festejaram. Feira de Santana tem três títulos: os dois do Fluminense de Feira, em 1963 e 1969, e o do Bahia de Feira em 2011. A outra felizarda é Ilhéus, que levantou sua taça pelas mãos do Colo-Colo em 2006 e quebrou uma hegemonia da dupla Ba-Vi que durava 36 edições. 

O Campeonato Baiano 2020 conta com 10 equipes, sendo que 60% lutam por um título inédito, caso de Atlético de Alagoinhas, Jacobina, Jacuipense, Juazeirense, Vitória da Conquista e do estreante Doce Mel, recém-promovido da segunda divisão. Os outros 40%, que entram na competição para repetir uma glória já conquistada são Bahia, Bahia de Feira, Fluminense de Feira e Vitória. Atual bicampeão, o Bahia está em busca de um tricampeonato que não consegue desde 1988.

Formato e tabela

Assim como nas últimas duas edições, os dez clubes vão disputar a primeira fase em pontos corridos e todos se enfrentam em turno único. Os quatro primeiros colocados avançam para a semifinal e, posteriormente, final, ambas em formato mata-mata, com partidas em ida e volta. O último é rebaixado para a Série B do ano seguinte.

Nas semifinais e na final, as equipes de melhor campanha geral têm a vantagem de fazer o jogo de volta em casa. Em caso de igualdade no saldo de gols, a decisão vai para os pênaltis.






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 75 99134-8375

Visitas: 84752
Usuários Online: 37
Copyright (c) 2020 - A VOZ DA REGIÃO - Todos os direitos reservados ao Portal A Voz da Região - Direção Quirino